Para traçar metas para diminuir a violência na cidade foi realizado uma reunião com os representantes da segurança publica do município.

A reunião foi solicitada pelos vereadores do município e teve como pauta: Como acabar com a insegurança dos munícipes. Estiveram presentes a Prefeita Neucinei Fernandes os vereadores, dois policiais militares e dois representantes da polícia Civil, os conselheiros tutelares, o procurador Geral e um advogado da prefeitura.
A reunião girou em torno de encontrar uma maneira para acabar com a sensação de impunidade que os infratores possuem e a insegurança que a comunidade passa. Segundo o Investigador da Polícia Civil Moacir Barreros, o contingente da polícial é muito pequeno, é preciso de pelo menos mais um investigador e um delegado. A maioria dos infratores da cidade são menores de idade e para eles as leis os procedimentos são diferenciados.
Segundo a prefeita Neucinei seus advogados estão encaminhando pedidos para os representantes da segurança pública do estado para que o contingente policial do município aumente. “Os policiais, a prefeita, os vereadores não são culpados pela impunidade, todos estão agindo da maneira que podem com os recursos que possuem. Mas acredito que toda a população do município precisa ajudar a mudar esse quadro, fazendo as denúncias e fiscalizando” comentou o Vereador Carlos Alberto.
Segundo os policiais a maioria das ocorrências tem como infratores menores, crianças e adolescentes que se rebelam da família e começam a fazer crimes. Para que esta realidade mude as famílias precisam repensar a maneira que essas crianças e adolescentes estão sendo criados. “A segurança pública começa dentro de casa, cuidando e educando seus filhos, observando o que estão fazendo e aonde estão, fiscalizando comportamentos e repreendendo quando necessário” comenta o Cabo Vanderli Macedo.
A prefeitura de Gurupá através das secretarias de Assistência Social e Cultura estão desenvolvendo projetos e trabalhos para crianças e adolescentes como a escola de música, aulas de teatro, dança, palestras, oficinas pra geração de renda para as familia, além dos projetos sociais apoiados pela prefeitura como o grupo Arte Capoeira e a escolinha de futsal do professor Zeca

Data de publicação: 10/08/2017

Créditos: ASCOM/PMG

Créditos das Fotos: Iasmim Cavalcante

Compartilhe!