Current Style: Padrão

Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para busca Acessibilidade Mapa do site

O MUNICÍPIO

O MUNICÍPIO

 

Gurupá está localizado à margem direita do rio Amazonas, a 20 metros de altitude, na área de florestas do arquipélago do Marajó, próximo à foz do rio Xingu, com área territorial medindo 8.540.113 km2, e limites com Macapá, Almeirim, Porto de Moz, Melgaço e Breves.

O município abrange a Ilha Grande de Gurupá, segunda maior ilha do Delta do Amazonas, localizada perto da confluência dos rios Amazonas e Xingu, a oeste da Ilha do Marajó, no Pará. A ilha possui uma área de 4.864 km², 4ª maior ilha do Brasil, cortada por uma grande quantidade de rios e paranás, que na verdade são extensões das águas do Rio Amazonas que os leva a um verdadeiro "Vai - e - vem" conforme a força das marés. Dentre esses rios destacamos Mojú, Mararu, Mariunim e Murupucu.

Possui uma população de 31.623 habitantes (estimativa IBGE para 2015) vivendo na cidade (30%) e na zona rural (70%). A zona rural abrange a região ribeirinha e os dezoito quilômetros de estrada que liga a cidade ao porto do Ajó, no rio Pucuruí.

A distância em relação à capital paraense, Belém, são 354 quilômetros em linha reta. O acesso ao município pode ser via transporte fluvial ou aéreo. Partindo de Belém, são 24 horas de viagem de ferry boat, até à sede do município. De avião de pequeno porte, saindo do aeroporto Brigadeiro Protásio, leva-se o tempo de 1h20m para chegar à pista de pouso da cidade. 

 

 Praça Mariocay centro/Rui Pena (Ascom PMG)                 Vista aérea de Gurupá/Pedro Tapuru (ICMBio)                        Vista praia do Coqueiro/Rui Pena (Ascom PMG)

 

O município possui duas unidades de conservação de uso sustentável: Reserva de Desenvolvimento Sustentável Itatupã-Baquiá e Reserva Extrativista Gurupá Melgaço. A economia do município é baseada no agroextrativismo, pesca e serviços públicos e privados. Há duas agências bancárias (Banco do Brasil e Bradesco), um Cartório, uma agência dos Correios, Hidroviária municipal, escritórios da Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará) e da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), hotéis, bares e restaurantes. 

Hidroviária de Gurupá/Rui Pena (Ascom PMG)

 

Embora o padroeiro da cidade seja Santo Antônio de Gurupá, cuja igreja e Forte recebem o seu nome, o santo mais festejado é São Benedito, homenageado no mês de dezembro com a grande festividade iniciada no dia 09 e até 28, que reúne cerca de 60 mil pessoas de várias cidades, inclusive do exterior. O aniversário da cidade é comemorado em 11 de novembro.

Há uma imensa área verde de florestas e bosques com igarapés com, pelo menos, cinquenta sítios arqueológicos, confirmados por pesquisadores do Museu Paraense Emílio Goeldi, porém os pontos turísticos mais visitados são o Forte de Gurupá, a Igreja de Santo Antônio e o balneário Itá-pereira.

Forte de Gurupá/Rui Pena (Ascom PMG)

 

Rui Pena (Ascom PMG)                                                                            Ary Pantoja/Foto Allen                                                                                 Rui Pena (Ascom PMG)

 

Balneário Itá-pereira/Rui Pena (Ascom PMG)